Lisboa, 10 mai (EFE).- Pelo menos dez pessoas foram detidas devido aos distúrbios ocorridos esta madrugada em um bairro da cidade de Setúbal, ao sul de Lisboa, onde vários veículos foram incendiados e houve disparos contra uma delegacia de Polícia.

As manifestações violentas começaram na quinta-feira, quando vários jovens do bairro de Bela Vista, em Setúbal, se concentraram em frente à sede da Polícia para homenagear um amigo morto durante uma perseguição policial, após um roubo em uma caixa eletrônico.

Segundo a imprensa oficial informou hoje, vários veículos e latas de lixo foram incendiados na madrugada passada na cidade, o que provocou o bloqueio de uma rua e a intervenção de agentes da Polícia, que detiveram dez pessoas.

Durante a operação, as autoridades verificaram que vários dos detidos eram "muito jovens" e informaram sobre a apreensão de pelo menos uma arma ilegal e um coquetel molotov.

"Quero reafirmar à população de Setúbal que não haverá condescendência nestas situações. Não pode haver condescendência nestes casos", avisou a governadora civil de Setúbal, Eurídice Pereira, em declarações à imprensa portuguesa.

Esta manhã, a situação já era de aparente calma, segundo a imprensa local.

Os conflitos dos últimos dias geraram reações políticas em Portugal, onde legendas tanto da direita quanto da esquerda criticaram ao Governo socialista luso. EFE atc/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.