Premiê russo gosta de cultivar a imagem de homem de ação; para analistas, aparições na mídia são pré-campanha para 2012

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, que é faixa-preta de judô, fez um treino televisionado para todo o país, durante a inauguração de um complexo esportivo em São Petersburgo, sua cidade natal.

Primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, participa de treino de judô em complexo esportivo em São Petersburgo (22/12/2010)
Reuters
Primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, participa de treino de judô em complexo esportivo em São Petersburgo (22/12/2010)
"Mexa o quadril para frente", orientava Anatoly Rakhlin, que durante 15 anos foi seu treinador em judô e sambo, uma arte marcial russa que é parte do treinamento para membros das forças de segurança do país. "Observei sua técnica hoje, mas sua mão esquerda precisa de mais trabalho", disse o mestre a Putin, de 58 anos, na quarta-feira.

Depois, falando a jornalistas, o professor foi mais condescendente. "No geral, Vladimir Vladimirovich tem uma técnica excelente. Quisera Deus que todos na sua idade fossem capazes de fazer a mesma coisa."

De quimono sobre o peito nu, Putin perguntou ao ministro dos Esportes russo, Vitaly Mutko, sobre o lobby do país pela inclusão do sambo no programa olímpico.

"Não estão nos deixando entrar. É política", respondeu Mutko a Putin, que o estimulou a continuar tentando.

O primeiro-ministro gosta de cultivar a imagem de um homem de ação. Neste ano, já apareceu arpoando uma baleia, voando num caça militar sobre um incêndio florestal e marcando um urso polar durante uma expedição no Ártico.

Essas ações, assim como uma viagem de carro de dez dias pela Sibéria, foram vistas por alguns analistas como parte de uma pré-campanha de Putin para voltar à presidência em 2012. Ele ocupou o cargo de 2000 a 2008, e não descarta um terceiro mandato. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.