Pegadas de fogos de artifício exibidas na abertura da Olimpíada foram digitalmente manipuladas

PEQUIM - Nem tudo foi exatamente o que pareceu durante a espetacular abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim. Os organizadores confirmaram nesta terça-feira que algumas explosões de fogos de artifício mostradas na televisão eram na verdade gravações que foram digitalmente manipuladas.

AP |

Os fogos de artifício que explodiram no formato de 29 gigantes pegadas a caminho do Estádio Nacional sobre o céu de Pequim eram reais, mas o que apareceu para os espectadores que acompanhavam a cerimônia pela televisão e nas telas do Ninho de Pássaro era na verdade uma imagem tridimensional gerada por computador.

"Confirmamos que uma gravação feita anteriormente foi fornecida às emissoras para conveniência e efeito teatral, como é feito em grandes eventos", disse o porta-voz do comitê organizador de Pequim Wang Wei. "No dia da abertura houve realmente a explosão de fogos de artifício no formato de pegadas do sul ao norte da cidade. No entanto, por causa da pouca visibilidade daquela noite, algumas imagens gravadas podem ter sido usadas".

As imagens computadorizadas foram produzidas pela Crystal Digital Technology Co. de Pequim. "Nós fizemos o melhor possível para criar uma imagem que parecesse ao vivo", disse o porta-voz da companhia Lei Ming. "A maioria das pessoas não percebeu".

A cerimônia foi acompanhada por mais de um bilhão de pessoas e recebeu elogios em todo o mundo.

Leia mais sobre China - Pequim

    Leia tudo sobre: china

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG