Tamanho do texto

Santiago do Chile, 23 (EFE).- O chileno Rafael Maureira Trujillo, líder da maior rede internacional de pornografia infantil descoberta em seu país, foi extraditado do Brasil e hoje começou a cumprir sua pena de 20 anos em um presídio de segurança máxima de Santiago do Chile.

Maureira, conhecido como "Zakarach", chegou nesta quinta ao Chile, vindo do Brasil, onde foi detido em junho de 2007 como foragido da Justiça de seu país, que o procura desde abril do ano passado.

O pedófilo vai cumprir 15 anos e um dia de prisão por abusar de menores de 12 anos e por envolver crianças na produção de material pornográfico.

Além disso, foi condenado a mais cinco anos e um dia de reclusão pelo crime de formação de quadrilha, assim como outros 14 integrantes de sua rede.

Assim que chegou ao Chile, Maureira foi submetido a duas horas de interrogatório. No presídio em que cumprirá sua pena, o pedófilo será 24 horas por dia vigiado por seguranças e câmeras. EFE pg/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.