Pedófilo extraditado do Brasil começa a cumprir pena no Chile

Santiago do Chile, 23 (EFE).- O chileno Rafael Maureira Trujillo, líder da maior rede internacional de pornografia infantil descoberta em seu país, foi extraditado do Brasil e hoje começou a cumprir sua pena de 20 anos em um presídio de segurança máxima de Santiago do Chile.

EFE |

Maureira, conhecido como "Zakarach", chegou nesta quinta ao Chile, vindo do Brasil, onde foi detido em junho de 2007 como foragido da Justiça de seu país, que o procura desde abril do ano passado.

O pedófilo vai cumprir 15 anos e um dia de prisão por abusar de menores de 12 anos e por envolver crianças na produção de material pornográfico.

Além disso, foi condenado a mais cinco anos e um dia de reclusão pelo crime de formação de quadrilha, assim como outros 14 integrantes de sua rede.

Assim que chegou ao Chile, Maureira foi submetido a duas horas de interrogatório. No presídio em que cumprirá sua pena, o pedófilo será 24 horas por dia vigiado por seguranças e câmeras. EFE pg/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG