Pedem entrega do cadáver do terrorista mais procurado do Sudeste Asiático

Kuala Lumpur, 24 set (EFE).- Familiares pediram às autoridades da Malásia a entrega do cadáver de Noordin Mohammed Top, o terrorista mais procurado do Sudeste Asiático, que foi abatido na semana passada na Indonésia.

EFE |

"Todas as solicitações devem ser analisadas antes que o corpo possa retornar a seu país", declarou hoje ao diário "The Star" o ministro do Interior, Mahmoud Adam.

Em qualquer caso, o cadáver de Top será trasladado na próxima semana da Indonésia à Malásia, onde o fundamentalista será enterrado em sua cidade natal de Pontian e um dispositivo policial especial protegerá à família.

Adam explicou que o protocolo de segurança será similar ao feito há três anos com Azahari Husin, outro especialista em bombas da Jemaah Islamiya, morto a tiros pela Polícia indonésia e cujo enterro foi em Malaca.

Top faleceu dia 15 de setembro durante uma operação antiterrorista em Solo (Java) e as análises de DNA confirmaram sua identidade.

O malaio dirigia desde 2005 uma facção radical que surgiu da Jemaah Islamiya e no passado organizou vários dos atentados mais sangrentos cometidos na Indonésia pelo braço da Al Qaeda no Sudeste Asiático.

A organização extremista foi fundada em 1995 com o objetivo de estabelecer pela força um estado pan-islâmico na região. EFE mal/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG