ATLANTA - O Pé Grande não passava de uma fantasia de gorila.

Dois pesquisadores numa jornada para provar a existência do Pé Grande, disseram que a carcaça de um animal congelado que receberam de dois homens que diziam ter encontrado o animal, não passava de uma fantasia de gorila.

A revelação acontece dias depois que uma coletiva de imprensa foi realizada na Califórnia para anunciar que os restos da criatura haviam sido descobertos nas montanhas da Geórgia.

Steve Kulls, diretor executivo do site squatchdetective.com, afirmou numa publicação online do pesquisador do Pé Grande Tom Biscardi que conforme a "evidência" se mostrou falsa toda a questão parece não passar de uma enorme farsa.

Primeiro, a amostra de cabelo foi "derretida e se tornou uma bola mais parecida com plástico", disse Kulls. O processo expôs uma cabeça com "uma área mais vazia do que o normal". Uma hora depois os pés foram descongelados e perceberam se tratar de plástico.

Matt Whitton, policial afastado do Condado de Clayton, e Rick Dyer, carcereiro no Estado da Georgia, anunciaram a descoberta no final de julho em vídeos no YouTube e em seu website.

"Todos que desacreditaram da gente vão mudar de idéia", disse Whitton na época.

Leia mais sobre gorila

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.