Pé da cama e escuridão do quarto foram a causa da queda sofrida pelo Papa

O papa Bento XVI fraturou o pulso na semana passada porque tropeçou no pé da cama enquanto buscava o interruptor de luz no meio da noite, em sua casa de veraneio, explicou nesta segunda-feira o padre Federico Lombardi, vocero del Papa.

AFP |

"Ele se levantou em plena noite, num quarto escuro e diferente do que está acostuma a dormir em Roma. Enquanto buscava o interruptor de luz, tropeçou no pé da cama e caiu", contou o assessor de imprensa da Santa Sé.

"Não pediu ajuda nem deu importância à queda. Depois, de manhã, notou que o pulso estava inchado e que sentia dores. Mesmo assim, celebrou a missa e depois decidiu chamar um médico, que o enviou para o hospital. O resto, todos já sabem", concluiu.

O Papa Bento XVI foi operado do pulso no último dia 17 e deixou rapidamente o hospital de Aoste (norte da Itália).

O Papa, ao sair a pé do hospital, estava sorrindo e acenou com o braço esquerdo, com um gesso no pulso direito.

pho-fmi/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG