Patrick Swayze quer lutar até descoberta da cura do câncer

O ator americano Patrick Swayze, famoso como um sedutor professor de dança em Dirty Dancing - ritmo quente e como par romântico de Demi Moore em Ghost - do outro lado da vida, disse que quer lutar contra o câncer de pâncreas até que se encontre a cura para a doença, em entrevista a uma emissora americana, que divulgou trechos da conversa.

AFP |

"Quero durar até se encontre uma cura" para o câncer, disse o ator, de 56 anos, em uma entrevista especial à jornalista Barbara Walters, que será exibida nesta quarta-feira, quando Swayze completa um ano desde que recebeu o diagnóstico.

Vítima de um câncer pancreático em fase 4, o ator, que não abandonou seus compromissos de trabalho, referiu-se abertamente aos prognósticos médicos que definem esse tipo de câncer como um dos mais letais. Apenas um a cada dez pacientes sobrevivem cinco anos após seu surgimento.

"Eu diria que cinco anos é lindamente otimista. Dois anos parecem prováveis, se você acredita nas estatísticas", comentou.

"Podem estar certos de que estou passando por um inferno", desabafou o ator, que descreveu seu tratamento de quimioterapia.

"É o início da minha luta. Estou esperando uma batalha longa e difícil (...) meu coração, meu espírito e minha alma continuam abertos a milagres. Eu rezo", afirmou Swayze, de seu rancho na Califórnia, onde vive com a mulher Lisa Niemi, há 33 anos.

pb/tt/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG