Pastor pega 15 de prisão por abusar de filhas na Argentina

Buenos Aires, 14 mai (EFE).- A Justiça da província argentina de Misiones condenou a 15 anos de prisão um pastor evangélico por ter abusado de forma contínua de suas três filhas A sentença foi dada pelo tribunal penal da cidade de Oberá, 1.

EFE |

150 quilômetros a nordeste de Buenos Aires, após um julgamento que se estendeu por dois anos.

O caso se tornou público em 2007, quando o pastor, de 42 anos e que estava à frente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, foi denunciado por sua mulher, a quem as filhas confessaram que tinham sido abusadas reiteradas vezes pelo pai.

O pastor foi imediatamente detido e esperou nessa condição o julgamento, que aconteceu a portas fechadas.

Fontes judiciais disseram que as filhas do homem condenado declararam não guardar rancor do pai, que, por sua vez, reiterou inocência. O pastor diz que foi acusado pela família apenas para que ficassem com seus bens. EFE cw/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG