Passagem de Rafah é reaberta para doentes e estudantes palestinos

Cairo, 1 jul (EFE).- O Egito reabriu hoje a passagem fronteiriça de Rafah para permitir a entrada em seu território de centenas de palestinos, a maioria estudantes e doentes, confirmaram à Agência Efe fontes oficiais egípcias.

EFE |

Segundo estas fontes, um primeiro ônibus no qual viajavam cerca de 50 pessoas cruzou a fronteira imediatamente depois de ela ser reaberta, às 10h (4h de Brasília).

Fontes oficiais no local explicaram à Efe que o Egito manterá a passagem aberta por dois ou três dias, para que centenas de palestinos (a maioria estudantes, doentes ou pessoas com permissões de trabalho em outros países) possam entrar no país.

A passagem fronteiriça de Rafah foi fechada em junho do ano passado, quando o Hamas assumiu o controle da Faixa de Gaza após derrotar os milicianos do Fatah.

No entanto, membros do Hamas derrubaram parte da fronteira em janeiro, o que permitiu a passagem de dezenas de milhares de palestinos ao Egito na busca por mantimentos e bens de primeira necessidade, em função do bloqueio israelense sobre a Faixa.

Onze dias depois, Hamas e Egito entraram em acordo para fechar a fronteira, o que significou devolver Gaza ao isolamento imposto pelo Estado judeu. EFE nq/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG