MANILA - Pelo menos cinco pessoas morreram e cerca de 300 ficaram feridas por causa de acidentes com fogos de artifício, entre outros casos relacionados às comemorações pela chegada do Ano Novo nas Filipinas, informaram os serviços de emergência locais.

Entre as vítimas está uma criança de 5 anos e sua mãe, que morreram em um incêndio que começou dentro de um armazém de artefatos pirotécnicos na localidade de Gingoog, a 800 quilômetros ao sul de Manila.

Outra pessoa morreu após ser atingida durante um show de fogos em um bairro de cidade de Muñoz, no norte do país, onde cerca de 30 casas foram destruídas.

Em Zamboanga, duas crianças morreram e outras cinco pessoas ficaram feridas após a queda da ponte em que estavam para ver o espetáculo pirotécnico.

Na capital Manila, pelo menos 278 pessoas foram atendidas em hospitais em função de ferimentos causados pela explosão de fogos de artifício, e outras 11 por terem sido atingidas por disparos feitos de forma indiscriminada por homens armados durante as celebrações do Ano Novo.

Leia mais sobre: Filipinas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.