Passagem de "Alex" deixa 7 mortos e danos no norte do México

Apesar de ter se dissipado sobre o Estado de Zacatecas, tempestade ainda provoca chuvas de fortes a intensas

EFE |

A passagem da tempestade tropical "Alex" pelo México deixou pelo menos sete mortos no Estado de Nuevo León, no norte do país, além de muitos danos, inundações e estradas fechadas por deslizamentos de terra, informou nesta sexta-feira a Defesa Civil do país.

Segundo a Defesa Civil, a passagem do "Alex" deixou sete mortos na região metropolitana de Monterrey, capital do Estado de Nuevo León, e em zonas rurais.

"Alex" chegou ao Estado de Tamaulipas, no Golfo do México, na quarta-feira, quando ainda era um furacão de categoria dois, e nas últimas horas se dissipou nas montanhas do centro do país.

Apesar de ter se dissipado sobre o Estado de Zacatecas, ainda provocará chuvas de fortes a intensas, mas não torrenciais, segundo o último boletim do Serviço Meteorológico do México.

Danos e transtornos

Durante a madrugada desta sexta-feira, as chuvas derrubaram uma ponta sobre o rio Santa Catarina, que liga Monterrey a Guadalupe. Além disso, causou deslizamentos de terra que afetaram dezenas de casas na cidade.

A estrada entre Monterrey e Saltillo continua fechada, com milhares de veículos parados desde ontem devido a um deslizamento de terra. Mais de 25 mil funcionários não conseguiram chegar ao trabalho.

"Alex" também afetou centenas de linhas telefônicas, celulares e conexões de internet das diferentes companhias que operam no Estado, que passaram horas fora do ar e algumas continuam com problemas.

    Leia tudo sobre: FuracãoAlexOceano Atlântico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG