Japoneses não se identificaram às autoridades na chegada ao porto de Santo Stefano. Prefeito admite dificuldade para identificar vítimas

Dois japoneses que estavam a bordo do cruzeiro "Costa Concordia", que encalhou em águas da ilha italiana de Giglio , foram localizados em Roma e se somam aos três sobreviventes resgatados do navio nas últimas horas. Neste domingo, o prefeito de Grosseto, Giuseppe Linardi, informou que os dois passageiros constavam da lista de 40 desaparecidos, mas se apresentaram nesta manhã em Roma.

Assista: Vídeo mostra tensão de passageiros ao tentar sair em bote de navio
Resgate: Terceiro sobrevivente é resgatado de navio na Itália
Entenda o caso: Navio naufraga e deixa mortos na Itália

Sul-coreana foi a segunda sobrevivente a ser resgatada do navio que naufragou na Itália
Reuters
Sul-coreana foi a segunda sobrevivente a ser resgatada do navio que naufragou na Itália


Os japoneses relataram que depois de chegarem até o porto de Santo Stefano foram de ônibus com mais outros dois amigos, também do Japão, para Roma. Ao contrário desses dois últimos, eles não se identificaram às autoridades logo após a chegada, gerando a confusão que levou a inclusão de seus nomes na lista de desaparecidos.

Linardi admitiu que o processo de identificação dos passageiros está sendo complicado, porque em sua grande maioria os turistas são estrangeiros e podem ocorrer erros na transcrição dos sobrenomes, principalmente na grafia.

Resgate

Uma terceira pessoa foi localizada com vida no cruzeiro quase 30 horas depois da embarcação ter encalhado, de acordo com o porta-voz dos bombeiros. Segundo Linardi trata-se de um empregado do navi. O processo de resgate foi bem complicado já que os bombeiros têm que atravessar áreas alagadas do navio.

Ele se une ao casal de recém-casados coreano que foi resgatado com vida esta noite passada do interior do navio, 24 horas depois do acidente. Hye Jim Jeong e Kideok Han, ambos de 29 anos, que foram localizados no interior da cabina que ocupavam, na oitava ponte. O casal, em viagem de núpcias, tinham subido ao navio no porto de Civitavecchia, a 70 quilômetros ao norte de Roma, poucas horas antes do naufrágio.

Onde o navio naufragou
Arte iG
Onde o navio naufragou

*com EFE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.