Passageiros desembarcarão no Uruguai após problema em navio

MONTEVIDÉU (Reuters) - Os passageiros de um luxuoso cruzeiro que partiu do Rio de Janeiro e sofreu uma falha na costa do balneário uruguaio de Punta del Este serão retirados do navio, disseram autoridades nesta quinta-feira. De acordo com a prefeitura do departamento de Maldonado, o navio Costa Romântica, de bandeira italiana, teve seus geradores danificados por um incêndio na quarta-feira à noite e se dirigia ao porto do balneário de Punta del Este para deixar os passageiros.

Reuters |

"Estima-se que o navio chegue ao porto entre 21h30 e 22h horário local (entre 20h30 e 21h horário de Brasília)", disse à Reuters o guarda marítimo Agostinho Agius.

A medida foi tomada apesar de as pessoas no navio, que viajava com 1429 passageiros e 591 tripulantes, em cruzeiro do Rio de Janeiro a Buenos Aires, não correrem perigo.

Entre os passageiros, 338 são brasileiros.

Um dos passageiros foi retirado na tarde desta quinta-feira devido a um princípio de apendicite, disse o prefeito do departamento de Maldonado, capitão Alvaro Guinea, a uma canal de televisão local.

O homem, cuja nacionalidade não foi revelada, estava acompanhado de sua esposa e foi encaminhado a um centro assistencial.

Guinea contou que técnicos da prefeitura constataram que os geradores ficaram danificados depois de um incêndio na casa de máquinas.

Devido ao problema nos geradores, a eletricidade estava suspensa até a tarde desta quinta-feira.

O navio estava a cerca de 11 quilômetros da costa. O cruzeiro foi construído em 1993 e tem capacidade para 1.697 passageiros e 596 tripulantes.

(Reportagem de Conrado Hornos e Patricia Avila)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG