Passageiros de cruzeiro encalhado na Antártida são resgatados

Buenos Aires, 5 dez (EFE).- As 122 pessoas que estavam a abordo de um cruzeiro que ficou encalhado na quinta-feira na Antártida foram resgatadas e estão sendo levadas para uma base militar chilena, informou hoje a Marinha da Argentina.

EFE |

A operação de evacuação começou hoje às 6h30 (mesma hora de Brasília), com a transferência de lancha dos passageiros a partir do cruzeiro encalhado, o "Ciudad de Ushuaia", à embarcação "Aquiles", da Marinha do Chile, tarefa realizada em uma hora e meia.

"A meteorologia é aceitável. O 'Aquiles' navega com todos os passageiros para a base Presidente Eduardo Frei (chilena), que conta com pista de aterrissagem", disse a Marinha da Argentina, em comunicado.

O "Aquiles" deve chegar a essa base chilena nas primeiras horas deste sábado, e depois os passageiros serão transferidos ao porto argentino de Ushuaia por via aérea.

O cruzeiro "Ciudad de Ushuaia" ficou encalhado na quinta-feira sobre uma pedra na Baía Guillermina, entre duas bases argentinas, ao noroeste da península antártica.

A embarcação, de bandeira panamenha, mas de propriedade de uma empresa argentina, levava 89 passageiros e 33 tripulantes que tinham partido de Ushuaia, 1.300 quilômetros ao norte do incidente, para um cruzeiro pela Antártida. EFE nk/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG