Passageiro bêbado ameaçou seqüestrar avião da Turkish Airlines

(Atualiza com mais detalhes sobre a identidade do suposto seqüestrador e da aterrissagem) Viena, 15 out (EFE).- Um passageiro bêbado que tentava seqüestrar um avião da Turkish Airlines com destino à Rússia foi dominado pelos outros passageiros e o aparelho aterrissou sem problemas em São Petersburgo, informaram as autoridades turcas.

EFE |

O aparelho voava de Antalia a São Petersburgo, e as primeiras informações indicam que o homem, que disse ter uma bomba para mudar o rumo do aparelho, é um poeta uzbeque chamado Yashar Pashaoglu, segundo a imprensa turca.

"Isso não foi um seqüestro. Um passageiro bêbado começou a incomodar os outros passageiros, depois que o avião decolou de Antalia. Foi dominado pelos outros passageiros e será entregue à Polícia russa", disse à imprensa turca Ali Ariduru, diretor de Aviação Civil.

Habib Kilic, subsecretário do Ministério de Transportes turco, disse à imprensa que o seqüestrador disse que tinha uma bomba presa ao corpo e que queria desviar o avião paraa outro destino, quando voava sobre Minsk (Belarus).

Sem dar mais detalhes, Kilic disse que o autor do fracassado seqüestro foi neutralizado, sem nenhum perigo aos passageiros, e que o avião prosseguiu o vôo previsto com destino a São Petersburgo.

Após chegar o avião, um Airbus A320, foi inspecionado pelos agentes, que não encontraram nenhum rastro de explosivo a bordo, segundo o Ministério de Transporte.

Segundo o canal "NTV", um dos passageiros da aeronave levou uma nota ao piloto na qual o seqüestrador dizia que estava com uma bomba e exigia que levasse o avião para outro lugar.

"A pessoa que enviou a nota estava completamente bêbada. Falei com a tripulação do avião e agora não há perigo. No aparelho, há tranqüilidade e ele aterrissará em breve", disse à televisão o vice-diretor da Turkish Airlines, Hamdi Topcu.

Entre os 164 passageiros do vôo "charter", na maioria russos, estão também dois cidadãos turcos e um bebê, disseram fontes da companhia aérea. EFE dt/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG