Partido Trabalhista vota a favor de coalizão com Netanyahu, diz TV

TEL AVIV - A maioria dos membros do Partido Trabalhista israelense votou a favor da participação da legenda no governo do líder do Likud, Benjamin Netanyahu, em uma sessão extraordinária organizada nesta terça-feira. As informações são de uma rede de TV local.

AFP |


Clique para ver o infográfico


A votação refletiu o momento de divisão interna do partido, já que 680 delegados trabalhistas votaram pela coalizão, enquanto 507 foram contra.

Na manhã desta terça-feira, Netanyahu fechou um acordo com o líder dos trabalhistas, Ehud Barak, segundo o qual seu gabinete se compromete a respeitar todos os acordos internacionais firmados por Israel. Tal fórmula inclui tratados que anteveem o surgimento de um Estado palestino.

Na reunião do Partido Trabalhista, Barak pediu que os colegas deixassem para trás o "radicalismo" e votassem pela "unidade".

Interrompido várias vezes por vaias dos críticos, ele disse: "não temos outro país. Podem gritar 'oposição', tudo o que quiserem, mas a maioria dos eleitores trabalhistas quer nos ver no governo".

Leia mais sobre Israel

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG