está morto - Mundo - iG" /

Partido Trabalhista irlandês diz que Tratado de Lisboa está morto

Dublin, 13 jun (EFE) - O Partido Trabalhista irlandês, terceira maior legenda do país, afirmou hoje que o Tratado de Lisboa está morto e, portanto, não poderá ser ratificado pelo outros Estados-membros da União Européia (UE).

EFE |

O líder trabalhista, Eamon Gilmore, fez essas declarações quando já se sabia que o "não" havia vencido de forma contundente o plebiscito sobre o tratado realizado na quinta-feira na Irlanda.

Até agora, o "não" obtém 53,3% dos votos, contra 46,5% do "sim", informa a rede de televisão irlandesa "RTE".

As palavras de Gilmore contrastam com as de alguns líderes europeus, como o primeiro-ministro polonês, o liberal Donald Tusk, que declarou hoje que o resultado "não desqualifica o Tratado de Lisboa".

"Apesar de os cidadãos irlandeses terem rejeitado o texto, isto não deve significar que é um tratado ruim, só pode significar que talvez algumas de suas partes não respondam às inquietações da opinião pública da Irlanda", afirmou.

"Mas, em todo caso, insisto em que o Tratado de Lisboa é positivo para a Polônia e para toda a UE", acrescentou Tusk. EFE ja/rb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG