Partido quer que presidente cazaque ganhe status de chefe de Estado vitalício

Moscou, 14 set (EFE).- O partido governista Nur Otan propôs hoje que o atual presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbayev, ganhe o status de chefe de Estado vitalício.

EFE |

A proposta, segundo a agência russa "RIA Novosti", foi feita por Darjan Kaletayev, vice-presidente da legenda, liderada pelo próprio Nazarbayev.

"Propomos debater, com ajuda de um amplo grupo de especialistas, a possibilidade de ser aprovada uma lei constitucional 'sobre o líder da nação', que deve especificar tudo o que se refere ao chefe do Estado. A lei pode, entre outras coisas, referendar o caráter vitalício da Presidência", disse Kaletayev.

Segundo a Constituição cazaque, Nazarbayev, o primeiro presidente do país, pode concorrer à reeleição quantas vezes quiser.

A lei permitindo isso, disse o vice-presidente do Nur Otan, foi aprovada com base nos méritos de Nazarbayev como fundador do Estado cazaque.

"Mas, hoje, Nursultan não só é um presidente que cumpre suas funções de acordo com a Constituição: há muito tempo ele excedeu esses marcos. O chefe de nosso Estado é um líder reconhecido no país e conta com o apoio do povo do Cazaquistão", ressaltou Kaletayev.

Segundo o político, o que se busca agora é estabelecer uma correlação entre o "status constitucional e o status social" do presidente.

Nazarbayev, de 69 anos, governa o Cazaquistão desde 1989, quando foi nomeado primeiro-secretário do Partido Comunista cazaque. EFE bsi/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG