Partido govervista se declara vencedor de eleições no Camboja

Phnom Penh, 27 jul (EFE).- O governista Partido do Povo do Camboja (PPC), liderado por Hun Sen, o homem forte do país e primeiro-ministro desde 1985, se declarou ganhador das eleições legislativas deste domingo.

EFE |

Khieu Kanharit, ministro da Informação e porta-voz do antigo Partido Comunista, no poder há três décadas, disse em entrevista coletiva que o PPC "está a caminho de aumentar em pelo menos sete seu número de cadeiras" na Assembléia Nacional (ou Parlamento).

Durante a legislatura passada, o PPC controlou 73 das 123 cadeiras do Parlamento, ao passo que a principal força opositora, o Partido Sam Rainsy, liderado pelo ex-ministro de Finanças Sam Rainsy, foi representado por 24 deputados.

Segundo o ministro, "os resultados preliminares de todos os colégios eleitorais põem o PPC à frente".

A vitória eleitoral do PPC significa que Hun Sen, um ex-comandante que desertou do Khmer Vermelho para se unir às tropas vietnamitas que em janeiro de 1979 invadiram o país, renovará seu mandato de cinco anos.

Antes do fechamento dos colégios eleitorais, Rainsy denunciou que cerca de 200 mil moradores de Phnom Penh - capital e onde a oposição tem muito apoio - não puderam exercer seu direito ao voto por conta da retirada de seus nomes das listas de eleitores.

Após quase três décadas de guerra, o Camboja passou por um tortuoso processo democrático em 1993, com a realização de eleições legislativas coordenadas pela ONU, repetidas em 1998.

Em 1997, o príncipe Norodom Ranaridh, então líder do movimento monárquico Funcinpec, foi retirado do poder mediante um sangrento golpe de Estado comandado por Hun Sen, com quem compartilhava a Chefia do Governo.

Cerca de oito milhões de cambojanos de uma população que beira os 14 milhões foram convocados às urnas para votarem em um dos 1,162 mil candidatos dos 11 partidos políticos que pretendem estar representados no Parlamento. EFE jcp/fh/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG