Bangcoc, 27 nov (EFE).- O governante Partido do Poder do Povo (PPP) na Tailândia pediu hoje que seus simpatizantes vão às ruas em Bangcoc para impedir um golpe de Estado, depois que o primeiro-ministro tailandês, Somchai Wongsawat, se negou a renunciar.

"Aquelas pessoas que tiverem carros ou táxis devem bloquear a passagem dos tanques, qualquer pessoa que não quiser um levante deve intervir", disse a uma rádio local Suthin Klangsaeng, porta-voz da força política formada por aliados do deposto ex-chefe do Executivo Thaksin Shinawatra.

grc/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.