Islamabad, 4 mar (EFE).- O Partido Popular do Paquistão (PPP), liderado pelo presidente do país, Asif Ali Zardari, obteve hoje a maioria no Senado local, ao vencer uma votação parlamentar para renovar a metade da casa, dominada até então pela legenda do ex-governante Pervez Musharraf.

O PPP obteve 22 das 50 vagas em jogo e contará no total com 28 senadores, de acordo com os resultados provisórios repassados à Agência EFE pelo secretário da Comissão Eleitoral, Kanwar Dilshad.

O partido de Zardari ultrapassa assim a Liga Muçulmana-Q, que tinha 27 cadeiras e caiu para 22.

O PPP também possui a maior representação na câmara baixa, com 120 deputados, contra 91 da Liga-N e 54 da Liga-Q. EFE igb/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.