Islamabad, 25 ago (EFE).- O ex-primeiro-ministro Nawaz Sharif anunciou hoje que seu partido, a Liga Muçulmana do Paquistão-Nawaz (PML-N), decidiu abandonar a coalizão governamental paquistanesa, liderada pelo Partido Popular do paquistão (PPP).

Em entrevista coletiva em Islamabad, Sharif explicou que sua formação se viu "obrigada" a sair do Executivo após o descumprimento de compromissos por parte do PPP, formação da falecida Benazir Bhutto. EFE igb/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.