Partido de oposição do Zimbábue diz que 20 membros foram mortos

HARARE (Reuters) - O partido de oposição ao governo do Zimbábue, o MDC, disse nesta quarta-feira que 20 de seus membros foram mortos por milícias pró-governo em confrontos desde as eleições do mês passado. O porta-voz do MDC, Nelson Chamisa, disse que a violência chegou a níveis alarmantes e que soldados atacaram membros do partido.

Reuters |

'Mais e mais pessoas que parecem apoiar o MDC continuam a ser agredidas, o que resultou em mais de 20 mortes entre ativistas do MDC em apenas um mês', disse ele em um comunicado.

'Só nos últimos dois dias, cinco ativistas do MDC foram mortos pela milícia do Zanu-PF (partido do presidente Robert Mugabe), incluindo soldados'.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG