Islamabad, 12 mai (EFE).- O ex-primeiro-ministro paquistanês Nawaz Sharif anunciou hoje que seu partido, a Liga Muçulmana do Paquistão-Nawaz (PML-N), decidiu sair do Governo de coalizão liderado pelo Partido Popular do Paquistão (PPP).

Em entrevista coletiva, Sharif disse que sua formação sairá do Executivo formado após as eleições de 18 de fevereiro por causa das divergências com o PPP sobre a restauração dos juízes destituídos pelo presidente paquistanês, Pervez Musharraf. EFE igb/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.