Partido de Mugabe anuncia controle de principais ministérios

Harare, 11 out (EFE).- A governamental União Nacional Africana do Zimbábue-Frente Patriótica (Zanu-PF) anunciou hoje que assumirá os ministérios mais importantes, como as pastas de Defesa, Finanças e Interior, informou o jornal The Herald.

EFE |

A decisão foi tomada de forma unilateral por parte do presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, que fez uso de um artigo da Constituição que diz que o presidente "nomeará ministérios e as funções dos mesmos".

O anúncio da divisão dos ministérios aconteceu pouco após uma reunião entre Mugabe e os dois presidentes do partido de oposição, em que não se chegou a um acordo sobre a repartição das pastas.

A governamental Zanu-PF e o partido da oposição, o Movimento para a Mudança Democrática (MDC), assinaram um pacto para formar um Governo de unidade em 15 de setembro, mas passado quase um mês ainda não chegaram a uma resolução definitiva.

O porta-voz do MDC, Nelson Chamisa, disse hoje à Agência Efe que a divisão de ministérios anunciada por Mugabe é simplesmente "uma lista dos desejos da Zanu-PF".

"Há profundas divergência em torno dos ministérios de Finanças, Interior, Educação, Justiça e Assuntos Exteriores", declarou Chamisa. EFE sk/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG