Partido de extrema-direita perde força no cenário político alemão

Berlim, 30 ago (EFE).- O ultradireitista Partido Nacional Democrático (NPD), a principal força deste espectro da Alemanha, perdeu fôlego eleitoral nas eleições regionais realizadas hoje, em três estados federados, mas continuará como força parlamentar no Land da Saxônia, leste do país.

EFE |

O partido obteve nas eleições 5,7%, contra 9,2% obtidos em 2004, de modo que de 12 deputados que tinha passará a sete, segundo os resultados ainda provisórios.

Com isso mantém a representação parlamentar nessa Câmara, junto com Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental, e Brandeburgo, ambos no leste, outros dois estados do total de 16 da Alemanha em cujos Parlamentos regionais a extrema-direita tem cadeiras.

As pesquisas indicavam que o NPD ficaria abaixo dos 5% e, com isso, fora do novo Parlamento saxão.

A formação ultradireitista, com sete mil militantes, é o principal aglutinador dos neonazistas na Alemanha.

Os institutos afirmam que a legenda não tem possibilidade de entrar no Parlamento federal (Bundestag) nas eleições gerais de 27 de setembro. EFE gc/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG