Partido de Chávez pede que ganhadores de Nobel da Paz se distanciem de Obama

Caracas, 21 dez (EFE).- O Partido Socialista Unido de Venezuela (PSUV), de Hugo Chávez, pediu hoje a vários ganhadores do prêmio Nobel da Paz que emitam um comunicado para não serem vistos como iguais ao último agraciado com a distinção, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

EFE |

"Fazemos um chamado a outros Nobel da Paz para que façam uma reivindicação formal à organização que concede o prêmio. Como vão ter orgulho de um prêmio que ganharam por suas atividades em favor da natureza, de políticas de paz, junto a este senhor que é um financiador da guerra?", perguntou a porta-voz do PSUV, Jaqueline Farías.

Entre os ganhadores do Nobel a quem o pedido foi direcionado Farías citou Rigoberta Menchú (1992), Al Gore (2007), Wangari Maathai (2004), Shirin Ebadi (2003) e Jimmy Carter (2002).

Também anunciou que o PSUV iniciará uma campanha internacional para que o prêmio dado a Obama seja "revocado" e para que o Nobel da Paz "volte a ser um prêmio justo para aqueles que ajudam a manter a paz no planeta". EFE rr/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG