Partidários de Zelaya fazem carreata na zona da embaixada do Brasil

TEGUCIGALPA - Dezenas de veículos circulavam neste sábado em carreata na região da embaixada do Brasil em Tegucigalpa, onde está abrigado o presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya.

AFP |

O protesto, para exigir a restituição de Zelaya, foi organizado pela Frente de Resistência contra o Golpe de Estado, que mais cedo reuniu milhares de pessoas em uma passeata pelas ruas da capital hondurenha.

Carros, motos e até pequenos caminhões circulavam pelas ruas em torno da sede diplomática brasileira, cujo acesso está bloqueado por policiais de choque e militares.

Após 90 dias desde a queda do presidente de Honduras, Manuel Zelaya, manifestantes protestam em Tegucigalpa
Após 90 dias do golpe, manifestantes protestam em Tegucigalpa / AFP

Diante do protesto, militares e policiais ampliaram a área de isolamento em torno da embaixada, posicionando veículos de transporte de tropas para impedir o tráfego em várias ruas.

Da carreata participa Xiomara Zelaya, uma das filhas do presidente deposto, conhecida como "Pichu".

"Isto é parte da luta do povo hondurenho para recuperar sua democracia e vamos seguir protestando até que o presidente Zelaya volte ao governo", disse à AFP o dirigente do Comitê de Defesa dos Direitos Humanos (CODEH), Andrés Pavón.

Leia mais sobre: Honduras

    Leia tudo sobre: hondurasmanuel zelayazelaya

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG