Partidários de Ségolène Royal seguem pedindo repetição de pleito

Paris, 25 nov (EFE).- Os partidários de Ségolène Royal, candidata derrotada na eleição para a liderança do Partido Socialista (PS) da França, mantêm sua reivindicação de repetir a votação apesar da proclamação oficial dos resultados, que dão a sua rival, Martine Aubry, uma vantagem de 102 votos.

EFE |

David Assouline, um dos assessores de Royal e membro da comissão de verificação dos resultados, assegurou que mantêm seu pedido para que se repita a votação.

A comissão de verificação estudou as diferentes reivindicações feitas pelas candidatas nos últimos dias e concluiu que Aubry obteve 67.451 votos, frente aos 67.349 de Royal, informou o relator Qadeer Arif.

Segundo ele, o relatório elaborado pela comissão foi adotado sem consenso de seus membros, entre os quais há representantes da corrente liderada por Royal.

O Comitê Nacional do PS está reunido para analisar o relatório da comissão de verificação e o pedido de repetição do processo formulado por Royal. EFE lmpg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG