Partida de futebol na Colômbia é adiada após libertação de reféns

Bogotá, 2 jul (EFE).- A Dimayor, principal divisão de futebol da Colômbia, anunciou que adiará por 45 minutos o início da partida de ida da final do Torneio Abertura que será disputada hoje à noite entre América de Cali e Boyacá Chicó, após a libertação de 15 reféns da guerrilha das Farc, entre eles Ingrid Betancourt.

EFE |

A Dimayor também expressou em seu site sua satisfação com a libertação de Betancourt - ex-candidata presidencial colombiana que também tem nacionalidade francesa - três americanos e 11 policiais e militares colombianos.

O organismo esportivo lembrou que as equipes de futebol colombiano impulsionaram distintas campanhas pedindo a libertação das pessoas seqüestradas pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

"Por tal razão, o mundo do futebol em geral mostra sua alegria e aprovação pelo resgate" destas pessoas, assinalou a Dimayor. EFE mlb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG