Parte do Panamá 1º avião com ajuda humanitária espanhola para o Haiti

Panamá, 14 jan (EFE).- Um avião fretado pela Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID) partiu hoje com ajuda humanitária do Panamá para o Haiti, informaram fontes da entidade.

EFE |

Este primeiro voo da AECID está carregado com 24 toneladas de material, incluindo oito toneladas da ONG Médicos sem Fronteiras e alimentos com alto valor protéico do Programa Mundial de Alimentos da ONU (PMA).

O resto do material inclui cobertores, água potável, equipamentos para tornar água potável, kits de higiene familiar, sacos mortuários, lonas de plástico reforçadas e barracas, entre outros, material avaliado em US$ 140 mil (97 mil euros).

Conforme anunciou o Governo da Espanha mais três aviões com ajuda de emergência partirão em direção ao Haiti, um de Madri e dois a partir do Panamá para ajudar os desabrigados pelo terremoto de 7 graus na escala Richter de terça-feira.

A Espanha, que coordena a ajuda europeia ao Haiti como país que preside a União Europeia neste semestre, tem preparado 150 toneladas de material de emergência para o envio por via terrestre, por meio da República Dominicana, após o terremoto.

A AECID tem uma Base Logística de Ajuda Humanitária no Panamá com material de primeiros socorros para dar resposta em casos de desastres naturais na região.

A coordenadora da AECID no Panamá, Rosa Beltrán, que viaja no avião fretado pela entidade disse na quarta-feira à Agência Efe que "a ideia era sair ontem, mas isso não ocorreu porque foi considerado temerário chegar à noite e sem visibilidade no aeroporto de Porto Príncipe, cuja torre de controle também foi destruída pelo terremoto de terça-feira no país".

O avião com a ajuda humanitária saiu hoje a partir do aeroporto Internacional de Tocumen, a partir da capital, em direção a Porto Príncipe às 6h44 no horário de Brasília, disse à Efe uma fonte da empresa Ceva Logistics, que atende o transporte da ajuda. EFE rsm/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG