Parlasur cria contas no Facebook e no Twitter

Montevidéu, 26 fev (EFE).- O Parlamento do Mercosul (Parlasur), integrado por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, criou seus perfis nas redes sociais Facebook e Twitter, segundo informa o organismo em comunicado.

EFE |

O Parlamento pretende desta forma "ampliar e divulgar" o espaço de comunicação entre "os interessados no fortalecimento da integração regional", diz o boletim, divulgado através de seu site.

Por enquanto, a página do Parlasur no Twitter, rede social de microblogs, tem 33 seguidores, enquanto seu grupo no Facebook conta com 29.

As publicações que podem ser lidas em seu "mural" no Facebook incluem textos como a declaração da "Enérgica rejeição de (José) Pampuro (titular do Parlamento) à prospecção petrolífera do Reino Unido em torno das Malvinas", do dia 23.

Calcula-se que o Facebook possua mais de 250 milhões de pessoas afiliadas.

No Twitter, onde só é possível fazer publicações ou tweets de 140 caracteres, o organismo publica manchetes, como a que aponta que "O tema Itaipu (represa compartilhada por Brasil e Paraguai) já foi debatido em sessão do Parlamento do Mercosul com os diretores do ente e parlamentares". EFE sgm/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG