Parlamento ucraniano aprova moção para destituir ministro de Exteriores

Kiev, 3 mar (EFE).- A Rada Suprema (Parlamento da Ucrânia) aprovou hoje uma moção para destituir o ministro de Assuntos Exteriores ucraniano, Vladimir Ogryzko.

EFE |

A favor da iniciativa, pronunciaram-se 250 deputados. Para a aprovação, era necessário o apoio de pelo menos 226 dos 450 membros do Legislativo.

No entanto, a nomeação ou a remoção do ministro de Assuntos Exteriores é prerrogativa exclusiva do chefe do Estado, por isso, o futuro de Ogryzko está nas mãos do presidente ucraniano, Viktor Yushchenko.

O antecessor de Ogryzko à frente da Chancelaria, Boris Tarasiuk, contra quem a Rada aprovou há pouco mais de dois anos uma moção idêntica à adotada hoje contra o titular de Exteriores, deixou o cargo dois meses depois, por vontade própria.

Em 1º de dezembro de 2006, a Rada aprovou a destituição de Tarasiuk e, quatro dias depois, Yushchenko emitiu um decreto pelo qual o confirmou à frente da pasta. EFE bk-bsi/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG