Parlamento tailandês suspende sessão devido a assédio de manifestantes

Bangcoc, 24 nov (EFE).- O Parlamento da Tailândia suspendeu hoje de forma indefinida uma sessão prevista devido ao assédio de quase 10.

EFE |

000 manifestantes antigovernamentais, que cercam o prédio para forçar a queda do Governo.

Os legisladores não podem entrar no plenário já que todas as entradas foram bloqueadas pelos ativistas da opositora Aliança do Povo para a Democracia, que também cortaram a provisão elétrica, anunciou o vice-presidente do Legislativo, Samart Kaewmeechai.

Além disso, milhares de opositores se concentraram também perante a delegacia central da Polícia de Bangcoc.

O primeiro-ministro interino, Olarn Chaiprawat, convocou uma reunião de urgência do Executivo para tratar sobre a crise no aeroporto de Dong Muang, sede extra-oficial do Governo desde que há cinco meses começaram os protestos de rua que afundaram o país em uma crise política. EFE EFE grc/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG