CIDADE DO CABO (Reuters) - O parlamento da África do Sul elegeu Kgalema Motlanthe, vice-líder do partido governista, o CNA, para ser presidente até as eleições do ano que vem. Motlanthe está substituindo Thabo Mbeki, que renunciou ao cargo de chefe de Estado no domingo, despertando a maior crise política no país desde o fim do Apartheid.

Motlanthe foi escolhido por maioria esmagadora (269 votos a favor dele e apenas 50 a favor do candidato da Aliança Democrática, partido de oposição), o que reflete o domínio do CNA sobre o parlamento do país.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.