Parlamento russo aprova prorrogação do mandato presidencial em segunda votação

A Duma, a Câmara Baixa do Parlamento russo, aprovou nesta quarta-feira, na segunda das três leituras necessárias, uma emenda constitucional que prolonga a duração do mandato presidencial de quatro a seis anos.

AFP |

Após os debates, 351 deputados votaram a favor e 57 contra a emenda, que será aplicada ao vencedor das próximas eleições presidenciais previstas, que, caso não seja convocado um pleito antecipado, acontecerão em 2012.

O projeto de revisão constitucional, que a Duma ainda precisa examinar em terceira leitura, passará depois para o Conselho da Federação, a Câmara Alta do Parlamento, antes de tentar obter a aprovação de dois terços das assembléias regionais da Rússia.

Se cumprir todo o processo, a reforma, proposta pelo presidente Dmitri Medvedev, será aprovada sob a suspeita de ter sido estimulada pelas intenções do atual primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, de voltar à presidência, cargo que ocupou entre 2000 e 2008.

A reforma constitucional, que também prevê o aumento de quatro para cinco anos do mandato da legislatura da Duma, pode inclusive servir de pretexto para convocar eleições presidenciais antecipadas.

Leia mais sobre Rússia

    Leia tudo sobre: rússia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG