Parlamento russo aprova acordo de desarmamento nuclear com EUA

Tratado de Redução de Armas Estratégicas (Start) foi assinado em abril e reduz arsenais russos e americanos em 30%

iG São Paulo |

O Conselho da Federação, a câmara alta do Parlamento russo, ratificou nesta quarta-feira o Tratado de Redução de Armas Estratégicas (Start), concluindo o processo de aprovação do documento assinado em abril de 2010 pelos presidentes da Rússia, Dmitri Medvedev, e dos Estados Unidos, Barack Obama.

O tratado obteve a aprovação unânime dos 137 senadores presentes à votação. Depois de ter sido ratificado pela Duma (câmara baixa) na terça-feira e pelo Conselho da Federação nesta quarta-feira, o tratado deve ser promulgado pelo presidente russo. O pacto já havia recebido uma aprovação preliminar pela Duma em dezembro, quando também foi ratificado pelo Senado americano.

O Start reduz os arsenais dos Estados Unidos e da Rússia para 1,5 mil ogivas nucleares, um corte de cerca de 30% do limite de oito anos atrás. O pacto também limita a 700 o número de mísseis e de aviões de bombardeio nuclear que podem ser acionados.

Além disso, estabelece um novo mecanismo para o envio de inspetores a instalações nucleares em outros países.

Desde que o tratado Start anterior expirou, em dezembro de 2009, Rússia e Estados Unidos não estão conseguindo conduzir inspeções em seus respectivos arsenais nucleares – trazendo incertezas sobre o que cada lado está fazendo.

Com AP, EFE e AFP

    Leia tudo sobre: rússiaeuadesarmamentonuclearstartbarack obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG