Parlamento polonês lembra 20º aniversário de eleições democráticas

Varsóvia, 3 jun (EFE).- O Parlamento polonês celebrou hoje uma sessão extraordinária em comemoração do 20º aniversário das primeiras eleições democráticas no país, em ato que contou com a presença de seu principal protagonista, Lech Walesa, além do presidente do Parlamento Europeu, Hans Pöttering.

EFE |

No dia 4 de junho de 1989, o mítico sindicato Solidariedade forçou as primeiras eleições parcialmente livres na Polônia desde a Segunda Guerra Mundial, nas quais os sindicalistas de Walesa conseguiram uma vitória arrasadora e derrotaram ao até então intocável Partido Comunista Polonês.

Essas eleições marcaram o princípio do fim do comunismo na Europa, o que se confirmaria meses depois com a queda do muro de Berlim e a eleição em 1990 do eletricista Lech Walesa como primeiro presidente da Polônia democrática.

"O ano de 1989 foi um período fascinante de grandes mudanças", ressaltou Pöttering durante seu discurso, no qual destacou que as "eleições polonesas aceleraram" a queda dos regimes comunistas vizinhos.

"Devemos entrar em acordo sobre os valores que servirão de base para uma Europa justa e solidária. Se não fizermos isto, retrocederemos", lembrou Walesa no Parlamento polonês.

As cidades polonesas de Cracóvia e Gdansk recebem amanhã os principais atos da comemoração do 20º aniversário destas eleições, ao qual devem comparecer líderes de várias partes do mundo. EFE nt/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG