Parlamento iraquiano nega que tropas não americanas continuem no Iraque

Bagdá, 20 dez (EFE).- O Parlamento iraquiano rejeitou hoje uma proposta de lei para permitir a permanência de tropas estrangeiras não americanas em solo iraquiano a partir de janeiro de 2009, quando termina o mandato concedido pela ONU às forças multinacionais no Iraque.

EFE |

O deputado independente Hussein al-Faluyi disse à Agência Efe que a maioria dos parlamentares que foi à sessão de hoje votou contra este projeto de lei elaborado pelo Governo.

Faluyi precisou que, a partir de algumas cadeiras, tinha sido solicitado que se permitisse aos diferentes Exércitos mobilizados no país permanecer até 2012.

Washington e Bagdá alcançaram recentemente um acordo sobre o futuro da segurança no país, pelo qual se autoriza a presença americana no país até dezembro de 2011.

O pacto de segurança iraquiano-americano também estipula que, até julho de 2009, os soldados dos EUA terão que abandonar todas as localidades do país. EFE ah/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG