Parlamento Europeu pede que Farc deponham as armas

Estrasburgo (França), 7 jul (EFE).- O presidente do Parlamento Europeu (PE), Hans-Gert Pöttering, abriu hoje a sessão plenária comemorando a libertação de Ingrid Betancourt e de outros 14 reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e pedindo ao grupo que deponha as armas.

EFE |

Pöttering exigiu que a guerrilha acabe com "uma violência inútil e sem sentido", para soltar todos os reféns e aceitar "a oferta do Governo da Colômbia para alcançar uma solução pacífica".

Ele afirmou que devem continuar os esforços para conseguir a libertação de todos os seqüestrados que seguem em poder das Farc e insistiu em que a "democracia nunca pode ceder perante o terrorismo".

O presidente do Parlamento Europeu destacou o "êxito" da operação militar que, na semana passada, colocou fim ao resgate de Betancourt e de outras 14 pessoas em poder das Farc há anos.

Pöttering disse que a libertação dos 15 reféns "supõe o fim de um suplício enorme e é sinal de que nunca é preciso abandonar a esperança".

Além disso, lembrou as atividades efetuadas pela Eurocâmara nos últimos anos em apoio da ex-candidata à Presidência da Colômbia e lembrou que o "compromisso de Ingrid Betancourt continua sendo uma base para uma paz duradoura" no país sul-americano.

Na quinta-feira passada, Pöttering convidou Betancourt a visitar o plenário quando se recuperar do prolongado cativeiro, uma proposta que ainda não foi respondida, segundo fontes parlamentares. EFE mvs/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG