Parlamento do Mercosul se reúne para analisar crise em Honduras

Montevidéu, 16 ago (EFE).- O Parlamento do Mercosul, o Parlasul, fará nesta segunda-feira uma sessão extraordinária para passar a Presidência do Paraguai ao Uruguai e analisar, entre outras questões, a situação em Honduras, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

O plenário acontecerá à tarde na sede do Parlamento, em Montevidéu, e o atual presidente do Parlasul, o senador paraguaio Ignacio Mendoza, passará o cargo à delegação do Uruguai.

O Uruguai exerce este semestre a Presidência temporária do Mercosul, bloco regional integrado por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai com a Venezuela em processo de adesão formal, e por isso o país também ocupa a Presidência do Parlamento regional.

Durante a reunião será analisada a situação política que se vive em Honduras após a deposição de Manuel Zelaya como presidente, em 28 de junho.

É provável que o organismo regional emita uma declaração sobre a situação nesse país, acrescentaram as fontes. EFE jf/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG