Parlamento do Mercosul analisa a partir de amanhã defesa regional

Montevidéu, 14 set (EFE) - O Parlamento do Mercosul, cuja Presidência de turno é exercida pelo Brasil, se reunirá a partir de amanhã em Montevidéu em sua 13ª sessão plenária e 2ª especial para analisar temas de infra-estrutura e de defesa regional, informaram hoje fontes da instituição.

EFE |

Do encontro participarão legisladores de Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, os países que integram o Mercosul e ao qual a Venezuela está em processo de adesão formal.

Durante as deliberações, de dois dias de duração, será analisada uma proposta do senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) de recomendar ao Conselho Mercado Comum (CMC) do bloco que priorize os investimentos em expansão de infra-estrutura.

Além disso, será estudada uma proposta do também senador Neuto de Conto (PMDB-SC), que recomenda ao CMC e ao Governo argentino viabilizar a construção de um lance da rota internacional que unirá as costas brasileiras do Atlântico com as chilenas no Pacífico, acrescentaram os informantes.

Na terça-feira, em uma sessão especial, o Parlamento do Mercosul receberá o ministro da Defesa, Nelson Jobim, que lerá um relatório sobre o projeto do Conselho de Defesa da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), promovido pelo Brasil. EFE jf/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG