Teerã, 10 ago (EFE).- O presidente do Parlamento iraniano, Ali Larijani, pediu a investigação das denúncias realizadas pela oposição sobre supostos casos de abuso sexual aos detidos após os protestos realizados depois das eleições.

"Uma comissão especial da Câmara já averiguou as condições das prisões e o tratamento dos presos. Agora ela deveria investigar se as denúncias de abusos são verdadeiras ou falsas", afirmou à "PressTV".

No domingo, o clérigo reformista e ex-candidato presidencial Mehdi Karrubi denunciou em uma carta os casos de abuso sexual.

Segundo o texto, homens e mulheres teriam sido objeto destas agressões na prisão. EFE jm/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.