O Parlamento dinamarquês ratificou nesta quinta-feira por ampla maioria o Tratado de Lisboa, que deve melhorar o funcionamento das instituições da União Européia (UE) e substituir o projeto de Constituição rejeitado em 2005 por franceses e holandeses.

O texto foi aprovado com 90 votos favoráveis e 25 contrários.

A Dinamarca é o 11º dos 27 países da UE a ratificar o tratado, que deve entrar em vigor em 2009, depois de ser aprovado por todos.

sa-dt/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.