Parlamento da Somália ratifica novo primeiro-ministro

Mogadíscio, 14 fev (EFE).- O Parlamento da Somália aprovou hoje por grande maioria a nomeação do novo primeiro-ministro do país, Omar Abdirashid Ali Sharmarke, filho do ex-presidente somali Abdirashid Ali Sharmarke, assassinado em 1969 pouco antes de um golpe de Estado.

EFE |

O nome de Omar Abdirashid Ali Sharmarke foi proposto na sexta-feira à noite ao Parlamento como o novo primeiro-ministro pelo presidente da Somália, Sheikh Sharif Sheikh Ahmed, com o objetivo de "trazer segurança ao país e começar uma nova era política", segundo declarou o líder.

"Após ter consultado os membros da Assembleia Nacional, decidi nomear Omar Abdirashid Ali Sharmarke para que substitua Nur Hassan Hussein", afirmou perante o Parlamento, cujas sessões, por problemas de segurança, ocorrem no Djibuti.

No local, agradeceu pelo voto de confiança dos parlamentares, afirmou que o Governo seria diferente dos demais, já que a "plataforma política da Somália deve mudar".

"Já mudamos os líderes do país, e agora devemos mudar nosso gabinete", afirmou Ali.

"Respeitarei a confiança que me deram, e tentarei acabar com o conflito em nossa nação", afirmou.

O novo premiê, que recebeu o apoio de 414 parlamentares, frente aos 9 contrários à sua nomeação, estipulou como objetivo enfrentar os radicais islâmicos que ocupam boa parte do país. EFE za/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG