Parlamento da A.Latina anuncia esforços contra lei da UE sobre imigração

Panamá, 19 jul (EFE).- O Parlamento Latino-americano (Parlatino) está empreendendo esforços políticos e diplomáticos para reverter a lei aprovada pelo Parlamento Europeu sobre a deportação de imigrantes em situação irregular, disse hoje o presidente do órgão, o chileno Jorge Pizarro.

EFE |

Durante uma reunião do Parlatino no Panamá, Pizarro, que é senador democrata-cristão, reiterou a condenação da entidade e dos Governos do continente à lei migratória européia, considerada uma "violação aos acordos bilaterais e regionais entre as nações da América Latina e os países integrantes da Comunidade Européia".

Em 18 de junho, o Parlamento Europeu aprovou a diretiva para a deportação de imigrantes ilegais, que, entre outras medidas, prevê a retenção de estrangeiros em situação irregular por até 18 meses.

Por outro lado, Pizarro anunciou que o Parlatino construirá no Panamá um novo edifício que abrigará a sede permanente do organismo, que este ano começou a operar neste país. EFE rsm/bm/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG