intervenção dos EUA em Honduras - Mundo - iG" /

Parlamento cubano pede fim da intervenção dos EUA em Honduras

Havana, 1º ago (EFE).- A Assembleia Nacional de Cuba pediu hoje a todos os Parlamentos do mundo que exijam do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que interrompa sua intervenção em Honduras e deixe de dar apoio militar aos golpistas.

EFE |

O documento, aprovado por todos os 567 deputados presentes, inclusive o presidente da ilha, general Raúl Castro, pede ainda que os EUA sejam pressionados a retirar "sua força-tarefa" de solo hondurenho.

Outra cobrança do Legislativo cubano diz respeito ao "retorno incondicional" de Manuel Zelaya à Presidência hondurenha. Para os legisladores cubanos, ele é o "único presidente legítimo e constitucional de Honduras".

A Assembleia Nacional de Cuba também quer que o Congresso de Honduras seja excluído das organizações parlamentares internacionais e que qualquer relação com os legisladores hondurenhos comprometidos com o golpe seja interrompida.

A primeira sessão ordinária da Assembleia Nacional em 2009, a terceira desde que os atuais deputados foram escolhidos em janeiro de 2008, foi aberta nesta manhã. Ainda hoje, Raúl Castro deve fazer um discurso em que dará detalhes das "difíceis" medidas que o Governo tomará para fazer frente à crítica situação econômica da ilha. EFE arj/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG