Parlamento búlgaro aprova Boiko Borisov como novo premiê

Sófia, 27 jul (EFE).- Boiko Borisov, líder do partido direitista Cidadãos para o Desenvolvimento Europeu da Bulgária (Gerb) e vencedor das eleições gerais de 5 de julho, foi eleito hoje pelo Parlamento búlgaro como novo primeiro-ministro.

EFE |

No total, 162 deputados votaram a favor do até então prefeito de Sófia, frente a 77 votos contra e uma abstenção.

O político populista foi guarda-costas do último ditador comunista, Todor Zhivkov, e depois chefe de segurança do ex-rei Simeão da Bulgária.

Seu partido recebeu 39,70% dos votos nas eleições gerais e obteve, assim, 116 cadeiras no Parlamento, muito perto da maioria absoluta da Câmara de 240 cadeiras.

Borisov venceu nas eleições parlamentares graças à promessa de combater tanto à criminalidade organizada quanto a corrupção que domina todos os níveis da Administração pública.

O novo chefe de Governo recebeu hoje o apoio de centrista Coalizão Azul (15 cadeiras), dos ultranacionalistas da Ataka (21), e também do partido Ordem, Lei e Justiça, que conta com dez deputados.

"Nosso Governo cortará os laços e as conexões entre o crime organizado e o poder Executivo", disse Borisov perante o Parlamento, antes da votação.

O Parlamento também aprovou a composição do novo Executivo, que contará com 15 ministérios. EFE vp-jk/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG