Parlamentares iraquianos começam a debater regulação de tropas estrangeiras

Bagdá, 21 dez (EFE) - Responsáveis do Parlamento e do Governo iraquianos iniciaram contatos para buscar uma forma legal para regular a presença das tropas estrangeiras não americanas no Iraque a partir de 2009, informaram hoje fontes parlamentares.

EFE |

O deputado iraquiano Abbas al-Bayati afirmou aos jornalistas que vários parlamentares e ministros começaram no sábado os contatos para conversar sobre a retirada ou a permanência durante um período determinado das tropas estrangeiras no país a partir de janeiro de 2009, quando expira o mandato da ONU a estas forças no Iraque.

Bayati, membro do Comitê parlamentar de Segurança e Defesa, disse que os contatos foram iniciados depois que o Parlamento rejeitou no sábado um projeto de lei apresentado pelo Governo para permitir a permanência de tropas estrangeiras não americanas em solo iraquiano até julho de 2009.

O deputado destacou que, entre as alternativas que serão debatidas, está aprovar essa mesma proposta de lei do Governo, que foi rejeitada no sábado.

Estados Unidos e Iraque chegaram recentemente a um acordo sobre o futuro da segurança no país pelo qual a presença americana é autorizada no país até dezembro de 2011.

O pacto de segurança iraquiano-americano também estipula que, até julho de 2009, os soldados dos EUA terão que abandonar todas as localidades do país. EFE sj/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG